quarta-feira, 18 de maio de 2016

IN THE KITCHEN #3 MANTEIGA DE AMENDOIM

A terceira receita do blogue é um pouco diferente. Destina-se essencialmente a quem faça exercício físico. Falo de manteiga de amendoim! Continuem a ler para saber como fazer a vossa própria manteiga de amendoim.

Há um ano atrás entrei para o ginásio decidida a mudar o meu corpo! Era algo que já queria desde bem nova mas nunca tinha dado o verdadeiro passo. Agora estou muitíssimo contente com a minha evolução! Mas o trabalho no ginásio precisa da alimentação adequada para que os resultados sejam visíveis. 

Uma das maravilhas que descobri foi a manteiga de amendoim. É uma excelente fonte de energia, que é absorvida de forma contínua, dando energia ao longo de todo o treino. É também uma excelente fonte de proteína vegetal - 27 gramas de proteína (em 100g). Além disto, tal como a banana, é nossa aliada no sentido em que, sendo fonte de potássio, evita as dores musculares! Estas são apenas algumas das suas características! 

Com o tempo, fui percebendo que as manteigas de amendoim disponibilizadas pelas grandes superfícies não eram as mais saudáveis e continham, na maioria dos casos, óleo de palma cujas plantações têm contribuído para a destruição das florestas tropicais. Assim, decidi fazer a minha própria manteiga de amendoim! 

O processo é muito simples: descascar os amendoins, levá-los ao forno para ficarem um bocadinho tostados, triturar os amendoins (na 1, 2, 3 ou outras máquinas do género) e acrescentar óleo de girassol ou qualquer outro óleo vegetal a gosto. Adicionei apenas uma colher porque gosto da manteiga com pedaços. Depois uma pitada de sal e está pronta! Não é simples?

A minha manteiga de amendoim. So proud
Espero que esta publicação seja útil! Aceitam-se comentários para melhorar a receita e contarem-me as vossas experiências com a manteiga de amendoim. 

Até à próxima, Balta! <3

2 comentários

  1. Nunca tinha pensado em fazer a minha própria manteiga de amendoim, mas é uma excelente ideia!

    Marli, do My Own Anatomy 🌵

    ResponderEliminar

© Balta Blogue
Maira Gall